Blog do Adriano Roberto


Coronel Meira inaugura comitê com apoios de Roberto Jefferson, Coronel  Feitosa, Dep. Federais e do presidente Bolsonaro
Autor
Adriano Roberto

Coronel Meira inaugura comitê com apoios de Roberto Jefferson, Coronel Feitosa, Dep. Federais e do presidente Bolsonaro

Quem esteve presente na inauguração do comitê 20190 neste sábado, 17 de outubro, ficou impactado pela beleza do ambiente, e, principalmente pela força e articulação política do Coronel Meira que recebeu apoio de várias personalidades de Pernambuco e do Brasil.

No local, foram apresentados vídeos com os deputados Federais, apoiadores do Coronel Meira, dentre eles: Bia Kicis (PSL/DF), Carla Zambelli (PSL/SP), Luis Phillipe de Orléans e Bragança (PSL/SP), Daniel Silveira (PSL/RJ) e Roberto Jefferson (presidente Nacional do PTB).

Ainda no telão, o Presidente Jair Bolsonaro deixou sua mensagem de saudação ao Coronel Meira e reafirmou suas bandeiras para o público presente: "precisamos eleger aqueles que tem Deus no coração, que ame sua pátria e que seja defensor da família". Além deles, outras personalidades políticas que não puderam comparecer, enviaram seus apoios por meio de mensagens e telefonemas.

No palco do comitê 20190, estiveram presentes, várias lideranças e outros candidatos amigos e conservadores que discurssaram para o público, tais como Sandra Queiroz (PSC/PE) e Wilker Cavalcanti (DEM/PE) que também disputam uma vaga na Câmara do Recife, Aderbal Poroca (DEM/PE) e Alessandro Sarmento (PRTB/PE) que concorrem em Paulista e Olinda, respectivamente.

Completando a noite, estiveram acompanhados de suas esposas, o Coronel Alberto Feitosa, candidato a prefeito do Recife (PSC/PE) e seu vice, Pastor Wellington Carneiro (Patriota/PE) que fez uma oração pedindo proteção e bênçãos a todos os presentes, e aos referidos postulantes desta corrida eleitoral. 

"A Câmara do Recife precisa de um homem forte, justo e honrando, como o Coronel Meira. Devemos mudar o sistema que aí está, e esse processo passa pela chegada de pessoas sérias no legislativo municipal: votem em Coronel Meira vereador: 20.190 para o Recife mudar", pediu Cel. Alberto Feitosa que completou: "Se alguém tiver dúvidas entre votar em mim ou no Coronel Meira, peço que votem em Meira!", afirmou com firmeza.

Encerrando o ato, o Coronel Meira agradeceu a presença de todos e pediu que cada um dos presentes sejam um multiplicador de votos. "Tenho andado pelas comunidades e vendo as coisas erradas que esta gestão do PSB vem fazendo com o cidadão recifense: um total absurdo. Por outro lado, tenho recebido muitos gestos de carinho e reconhecimento pelos serviços prestados que sempre servir à sociedade quando comandei os batalhões da Polícia Militar de Pernambuco".

Concluindo sua fala, o Coronel Meira reforçou que o desejo da mudança passa pelas mãos do povo da capital Pernambucana: "Se for da vontade do Povo e as Bençãos de Deus, eu, Coronel Meira, eleito vereador, continuarei defendendo, lutando e trabalhando em prol de todos os recifenses com projetos e fiscalização; Nossa cidade está abandonada. Precisamos e vamos mudar esse cenário no Recife", afirmou Coronel Meira.

O COMITÊ 20190

Com Deus no coração junto ao sentimento de pátria e família, aliado à sensação de conforto, beleza e harmonia de cada elemento utilizado para a ornamentação, o  comitê conservador causou grande impacto aos apoiadores presentes no evento de lançamento do Coronel Meira à Câmara do Recife.


ROBERTO JEFFERSON

Depois de lançar seu apoio à candidatura do Coronel Alberto Feitosa à prefeitura do Recife, Roberto Jefferson publicou nas redes oficiais do PTB seu total apoio ao Coronel Meira, vereador do Recife.

Vídeo de Roberto Jefferson:
https://www.instagram.com/p/CGFvL67BmbR/?igshid=1fw2bzomh6g0v

COMITÊ 20.190 - CORONEL MEIRA VEREADOR

Rua Jenner de Souza, 635.
Em frente ao Campo do Derby, no Recife, junto ao Comando Geral da Polícia Militar de Pernambuco.



Descontrole toma conta do Prefeito de Serra Talhada
Autor
Adriano Roberto

Descontrole toma conta do Prefeito de Serra Talhada

As pessoas que presenciaram o saculejo que o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, deu na mão da sua esposa, no meio da rua, à luz do dia, ficaram espantadas com o descontrole dele.

Além disso, também chamou a atenção, a discussão que Luciano travou, sem motivos que justificasse, com policiais militares que estavam em pleno exercício dos seus deveres.

Tão logo a notícia se espalhou, a população repudiou as duas atitudes. O comentário que circula em Serra Talhada é que o fraco desempenho de Márcia Conrado – nome escolhido por Duque para sucedê-lo, faltando menos de um mês para as eleições de 15 de novembro, tem deixado o prefeito descontrolado, com os nervos à flor da pele.

O fato de que Socorro Brito, principal candidata da aposição, caiu de vez no gosto do eleitorado, deu uma saculejada na cabeça de Duque, que anda discutindo até com a própria sombra.

Confira o vídeo:



De férias galera. Volto em breve...


Impeachment do prefeito Clebel Corderio foi votado e aprovado na Câmara Municipal de Salgueiro
Autor
Adriano Roberto

Impeachment do prefeito Clebel Corderio foi votado e aprovado na Câmara Municipal de Salgueiro

Na Sessão Ordinária dessa quarta-feira (14/10), foi apresetado aos vereadores, pela Mesa Diretora, requerimento protocolado o pedido de Impeachment do prefeito Clebel Cordeiro, A solicitação foi feita pelos Srs. Hugo Leonardo Cidreira Cardoso e Paulo Afonso Valença Sampaio pela pratica de crime de responsabilidade pelo furto de água da Transposição do Rio São Francisco, evasão de terra e desmatamento.

O presidente George Arraes fez a leitura do pedido, logo em seguida, foi feita a votação nominalmente do recebimento do pedido. Veja como votou cada vereador:

André Cacau: contra
Antônio Pires: contra
Augusto Matias: contra
Auremar Carvalho: contra
Ednaldo Barros: favorável
Eliane Alves: favorável
Erivaldo Pereira: favorável
Flavinho Barros: contra
George Arraes:
Professor Hercílio: favorável
Zé Carlos: favorável
Bruno Marreca: favorável
Pedro de Compadre: contra
Paizinha Patriota: contra
Veronaldo Gonçalves: favorável

O pedido da aceitação do impeachment ficou com o placar de 7×7, o presidente George Arraes desempatou e o pedido foi aceito. Seguindo o tramite legal, foi feito um sorteio para a escolha da comissão os vereadores sorteados foram:
Erivaldo Pereira- Presidente
Zé Carlos: Relator
Augusto Matias: Membro, Augusto renunciou, Antônio Pires era o próximo da linha e assumiu.

Com informações do blog Sertão Central.





Cidadãos salgueirenses protocolam impeachment do prefeito Clebel
Autor
Adriano Roberto

Cidadãos salgueirenses protocolam impeachment do prefeito Clebel

O servidor Hugo Cidreira e o aposentado Paulo Afonso protocolaram um pedido de impeachment do prefeito de Salgueiro, Clebel. O pedido foi entregue na Câmara Municipal neste terça, 13 e já há uma pressão em cima da mesa diretora para que seja pautado na seção desta quarta, 14.

No documento, a principal motivação do pedido é de que o atual prefeito está ileso mesmo tendo cometido um crime do desvio de água da Transposição do São Francisco para suas fazendas e invasão de terras da União e preso em flagrante legalmente pela PF.

"É do conhecimento público que no dia 17 de dezembro de 2019, o senhor prefeito de Salgueiro foi preso pela Polícia Federal, em flagrante, sob acusação de furto da água da Transposição e de invasão de terras da União. É também importante ressaltar que o prefeito não foi absolvido e que do está solto mediante pagamento de 100 mil reais à justiça." Diz o documento.

Agora, todas as expectativas e atenções estão voltadas para a seção de hoje na Câmara de Salgueiro.



OMS nega que tenha incentivado lockdown nacional
Autor
Adriano Roberto

OMS nega que tenha incentivado lockdown nacional

Comentários recentes do enviado especial da Organização Mundial da Saúde (OMS) para lidar com a COVID-19 levantaram questões sobre a legitimidade dos lockdowns para impedir a disseminação do coronavírus. A declaração do diretor da OMS, preocupado com o crescimento da pobreza no mundo, em que afirma categoricamente que a entidade não defende lockdown como o principal meio de controle desse vírus, levou a revista Veja a questionar a instituição

“Nós, na Organização Mundial da Saúde, não defendemos os bloqueios como o principal meio de controle desse vírus”, disse ao site americano The Spectator.

Esta declaração do Dr. David Nabarro também causou dúvidas sobre se a OMS mudou seu conselho, meses depois que a pandemia foi declarada.

Diante da declaração, a revista Veja enviou um e-mail à OMS que recebeu a seguinte carta:

A OMS nunca advogou por lockdowns nacionais como principal meio de controle do vírus. O Dr. Nabarro estava repetindo nosso conselho aos governos para “fazer de tudo”.

Governos, empregadores, comunidades devem aplicar um pacote de medidas comprovadas de saúde pública que sabemos serem eficazes para prevenir a transmissão, incluindo higiene das mãos e respiratória, distanciamento físico, uso de máscara, ficar em casa se estiver doente, etc. Sistemas para teste, isolamento, rastreamento e quarentena, etc.

As medidas para controlar a COVID-19 dependem das avaliações de risco locais. As restrições de movimento podem estar entre uma série de medidas que os governos podem considerar em certas áreas geográficas.

Se os aglomerados e surtos aparecerem, eles devem ser retardados e então suprimidos prontamente e é por isso que restrições de movimento localizadas e direcionadas, implementadas em conjunto por atores locais e autoridades nacionais, são necessárias de tempos em tempos.

Mike Ryan (diretor-executivo do Programa de Emergência em Saúde da OMS) em 9 de outubro: “Nós sabemos o que precisamos fazer e sabemos que é uma combinação de todas essas coisas e, nenhuma dessas coisas por si só aborda todos os problemas que enfrentamos nesta pandemia. Temos as ferramentas de que dispomos, vimos como essas ferramentas podem ser eficazes se aplicadas nas proporções certas, no momento certo e da forma certa a nível do país. Não se trata de estabelecer lockdowns. O que os governos estão tentando fazer é não fazer lockdowns. O que os governos estão tentando fazer é quebrar as cadeias de transmissão. Eles estão tentando impedir que a doença passe de pessoa para pessoa e, em certas circunstâncias, tentar fazer isso se torna extremamente difícil quando há transmissão intensa na comunidade. O que dissemos desde o início desta pandemia é que precisamos evitar situações em que a doença possa se espalhar de forma desenfreada no nível da comunidade.”

Maria Von Kerkhove (epidemiologista do Programa de Emergência em Saúde da OMS) em 9 de outubro: “O desafio é a implementação. Isso é difícil e continuará a ser difícil, pois estamos tentando encontrar esse equilíbrio para abrir novamente nossas sociedades. Precisamos apoiar os governos, precisamos apoiar as comunidades e precisamos apoiar os indivíduos porque estamos absolutamente todos juntos nisso”.



Maia espera votar até o fim do ano a PEC da prisão em 2ª instância
Autor
Adriano Roberto

Maia espera votar até o fim do ano a PEC da prisão em 2ª instância

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira (9) que espera votar até o fim do ano a proposta de emenda à Constituição que permite o cumprimento da pena após condenação em segunda instância (PEC 199/19).

Maia não especificou data para o retorno da comissão especial que analisa o tema, mas disse que o assunto entrará na pauta da Câmara nos próximos meses, após concluída a análise de propostas consideradas prioritárias – como a PEC Emergencial e a reforma tributária – e depois que tiverem diminuído os casos de Covid-19 no País.

Os trabalhos da comissão da PEC da prisão em segunda instância estão suspensos em razão da pandemia causada pelo coronavírus. O colegiado é presidido pelo deputado Marcelo Ramos (PL-AM) e tem como relator o deputado Fábio Trad (PSD-MS).

A proposta

A PEC permite a prisão de pessoas condenadas após o julgamento em segunda instância, ao definir que o trânsito em julgado de uma ação se dá nessa fase. O julgamento em segunda instância é realizado por tribunais, que revisam casos julgados por juízes de primeira instância. Na Justiça comum, a segunda instância são os tribunais de Justiça dos estados. Na Justiça federal, são os cinco tribunais regionais federais (TRFs).

Atualmente, a possibilidade de recursos se estende ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF), o que pode retardar o trânsito em julgado em muitos anos.

As declarações de Maia sobre a PEC da prisão em segunda instância foram feitas em entrevista ao site O Antagonista.

Fonte: Agência Câmara de Notícias



Conheça as medidas de segurança contra covid-19 para o dia da votação
Autor
Adriano Roberto

Conheça as medidas de segurança contra covid-19 para o dia da votação

Por causa da pandemia do novo coronavírus, uma série de protocolos de segurança serão adotados pela Justiça Eleitoral no primeiro e no segundo turno das eleições municipais nos dias 15 e 29 de novembro, respectivamente. Elaborado por uma equipe de especialistas dos hospitais Albert Einstein, Sírio-Libanês e por técnicos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), consultados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o plano de segurança sanitária para as eleições municipais de 2020 é focado em duas frentes: mesários e eleitor. Cartazes ilustrativos com o passo a passo da votação serão fixados nas seções eleitorais.

Eleitores

Horário de votação ampliado: 7h da manhã até as 17h. Até as 10h será preferencial para maiores de 60 anos. Máscaras: uso obrigatório, sem ela o eleitor não poderá votar. Caso seja necessário, o mesário pode pedir que o eleitor se afaste e abaixe a máscara para conferir a foto na identidade. Distanciamento: será exigido mínimo de 1 metro. Comida: não será permitido comer ou beber nada na fila de espera. A medida é para evitar que as pessoas tirem a máscara.

Álcool em gel: será distribuído em todas seções para que os eleitores limpem as mãos antes e depois da votação.

Caneta: o TSE recomenda que os eleitores levem sua própria caneta para assinar presença no caderno de votação.

Mesários receberão máscaras e terão que trocá-las a cada quatro horas, usar álcool e uma proteção facial de acetato (face shield), que terá de ser usada o tempo todo.

Covid-19

Tanto mesários quanto eleitores que estiverem com sintomas da covid-19 no dia do pleito não devem comparecer ao local de votação. Posteriormente, a ausência poderá ser justificada na Justiça Eleitoral.



Morre ex-vereador de Granito Antonio Sales. Maurílio Sampaio lamenta sua partida
Autor
Adriano Roberto

Morre ex-vereador de Granito Antonio Sales. Maurílio Sampaio lamenta sua partida

“Um legado construído com serviço prestado e cuidando do povo, um amigo que partiu e que deixou sua história e um legado de amizade”, disse Maurílio.

O ex-vereador de Granito-PE, Antonio Sales faleceu neste domingo (11), vítima de parada cardíaca.

Antônio Sales, vereador de 4 mandatos, ocupou a cadeira por 20 anos na Câmara Municipal de Granito, quando saiu da política deixou seu legado e herdado pelo filho Netinho (João Gutemberg) que ocupou com muita responsabilidade, respeito e a mesma firmeza do seu pai a cadeira por ele ocupada, Netinho também foi vice prefeito.

“Eu, Maurílio Sampaio e minha família, os filhos de Senhor Givaldo Sampaio perdemos um grande amigo, um irmão em verdade como somos da família, nossos sentimentos a nossa amiga Rosali (vereadora) que hoje está na luta para manter o legado de seu irmão, a Paula, Maria, minha amiga Veronica, Alacoque, Paulo, Neuricelia, Lena sua esposa, Corrinha sua cunhada, Alana sua filha, Hiago, Hiarlin, Ítalo, Nicioke e seus sobrinhos e netos”.

              Maurilio Sampaio

Gerente Geral de Articulação Regional da Casa Civil do Governo de Pernambuco.

Informação do blog Tribuna do Cariri



Em tempos de pandemia prefeito de Cortês quer aumento salarial de 10 para 12 mil reais
Autor
Adriano Roberto

Em tempos de pandemia prefeito de Cortês quer aumento salarial de 10 para 12 mil reais

Tramitação do projeto do executivo segue na Câmara dos Vereadores para votação na próxima terça-feira (13.10). 

Na sessão do último dia 6, um projeto de emenda parlamentar do legislativo tentou barrar o aumento, ao apresentar a redução do salário, mas foi reprovado e houve tumulto na Casa Raimundo Leite. 

O município de Cortês, na Mata Sul de Pernambuco, distante a 86 km capital do estado (Recife), 
tem 67 anos de emancipação política, e ainda não acordou para a realidade local, principalmente no período do novo coronavírus - com uma recessão econômica, alta taxa de desempregados e pouca expansão do comércio, no seu centro. 

A população de Cortês não passa das 13 mil pessoas, com um Produto Interno Bruto de R$ 8.378,91, segundo o Portal Cidades do IBGE, e ainda sendo um pequeno município com uma verba apertada nesse momento de pandemia mundial e no ano eleitoral, o atual prefeito Reginaldo Moraes (PP) {foto} apresentou Projeto de Lei à Câmara de Vereadores sobre a fixação de subsídio no salário do prefeito, saindo de 10 para 12 mil, um aumento salarial explícito.

Antes, ele havia negado aumento para os servidores municipais o que gerou revolta na cidade. Ele também é acusado pelo Ministério Público de várias irregularidades.

Dessa forma, também estariam com um aumento salarial, o vice-prefeito de 6.500 para 8 mil reais; vereador de 5 a 7 mil reais; e secretários de município de 3.500 a 4 mil reais, conforme o Projeto de Lei original 008/2020. 

Na próxima terça-feira (13.10), a Câmara dos Vereadores volta a debater o projeto e dar sequência aos trâmites de votação.

Ainda em tramitação na Câmara dos Vereadores de Cortês, o projeto de lei do aumento salarial passa por discussões na Casa Raimundo Leite, que tem nove vereadores, sendo apenas uma mulher. 

Na última terça-feira (06.10), o vereador Salatiel de Oliveira apresentou emendas parlamentares para a redução dos salários do prefeito, vice-prefeito e secretários, mas não houve êxito, as emendas foram reprovadas por maioria dos parlamentares presentes. 

A emenda parlamentar  que foi reprovada defendia uma redução nos salários do prefeito para 5 mil, vice-prefeito 2.500, secretário 2.000 e a permanência do salário do vereador de 5 mil reais. 

Rompido com o atual gestor, o vice prefeito Eduardo Farias também condenou a iniciativa. " É uma situação vexatória", afirmou. Informações do blood de Ricardo Antunes.



Prefeita Célia Sales (PTB) e Carlos Santana (PSB) fogem do debate da Maranata FM. Lamentável
Autor
Adriano Roberto

Prefeita Célia Sales (PTB) e Carlos Santana (PSB) fogem do debate da Maranata FM. Lamentável

Do blog de Ricardo Antunes - As respectivas assessorias já haviam confirmado a presença. O candidato do PP, Alberico da Cobal também faltou ao debate que está sendo realizado pela Rádio Maranata FM.


 
Em nota, a atual prefeita do município, justificou sua falta alegando emergências administrativas na prefeitura do Ipojuca.

Por sua vez, Carlos Santana, também mandou nota dizendo que só iria se a prefeita estivesse presente.

A falta do contraditório é ruim para a população e para a democracia.

O blog lamenta as três ausências.