Blog do Adriano Roberto


Obras do DER na PE-160, Santa Cruz do Capibaribe aceleram o ritmo
Autor
Adriano Roberto

Obras do DER na PE-160, Santa Cruz do Capibaribe aceleram o ritmo

Uma das obras de infraestrutura viária mais importante da atual gestão do Governo de Pernambuco, a restauração e duplicação de 12,15 quilômetros da PE-160 segue avançando no Agreste Setentrional. O trecho contemplado vai do distrito de Pão de Açúcar, em Taquaritinga do Norte, até a cidade de Santa Cruz do Capibaribe. A iniciatica conta com investimento aproximado de R$ 76,9 milhões, recursos próprios, e o prazo previsto para conclusão é final de maio de 2019, beneficiando diretamente mais de 133 mil moradores daquela região.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Transportes, está executando as ações em ritmo acelerado através de três frentes de trabalho. 

Atualmente, estão em andamento os serviços de implantação dos dispositivos de drenagem e da sinalização horizontal, que consiste na pintura das pistas, além da construção das calçadas do canteiro central da rodovia no perímetro urbano de  Santa Cruz do Capibaribe. Ainda serão realizadas a aplicação da segunda camada de asfalto em alguns pontos do trecho e a sinalização vertical (placas de trânsito).

"Estamos avançando com as obras conforme determinado no cronograma. Já concluímos 74,5% do total dos trabalhos previstos e seguimos atuando sem prejudicar o trânsito, principalmente no perímetro urbano de Santa Cruz do Capbaribe, trecho mais movimentado da PE-160, por onde circulam diariamente mais de 15 mil veículos. 

Em breve, entregaremos um trecho novo e moderno, que proporcionará aos motoristas e usuários mais conforto e segurança. Juntamente com a conclusão das obras do trecho da BR-104, teremos vias restauradas e duplicadas que proporcionarão acesso rápido e seguro do Recife e demais regiões à Capital da Sulanca, contribuindo para o desenvolvimento daquela região, com geração de mais empregos e incremento do turismo", detalhou o diretor-presidente do DER, Silvano Carvalho.



Lula revela que não tinha nenhuma esperança de ser solto
Autor
Adriano Roberto

Lula revela que não tinha nenhuma esperança de ser solto

Luiz Inácio Lula da Silva afirmou a aliados que o visitaram na sede da Polícia Federal em Curitiba, na quarta (19) e nesta quinta-feira (20), que jamais teve a esperança de que ganharia liberdade após a decisão de Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele sabia que a decisão seria revogada.

A coluna “Painel”, da Folha de S. Paulo, ouviu relatos de pessoas que estiveram com o ex-presidente na cadeia e disse que Lula contou que sua saída da prisão não interessa a outras forças políticas na atual conjuntura. Além disso, a “Painel” revelou que o petista acompanhou pela TV o noticiário do STF.

PRISÃO DOMICILIAR

Dirigentes do Partido dos Trabalhadores e familiares sugeriram a Lula que entre com um pedido de transferência para prisão domiciliar, sob a alegação de razões humanitárias, ressaltando sua idade, 73 anos, e o fato de ter tratado um câncer. No entanto, o ex-presidente não gosta da ideia, pois acha que isso seria um desrespeito com os militantes que estão acampados na frente da sede da Polícia Federal em Curitiba desde o início de abril, quando o petista foi preso.



Três estados atrasam 13º salário de 1 milhão de servidores
Autor
Adriano Roberto

Três estados atrasam 13º salário de 1 milhão de servidores

Um estado não tem nenhuma previsão de quando pagará o 13º salário dos servidores. Outro, que só agora quitou o pagamento de 2017, fará novamente parcelamento em 12 vezes, a partir de janeiro. Em um terceiro, só nesta sexta-feira (21) haverá reunião para definir um cronograma de quitação.

Endividados, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte não pagaram nesta quinta-feira (20), prazo limite, o 13º salário aos cerca de 1 milhão de servidores públicos.

Ao menos outros dois estados enfrentam problemas, segundo informaram as secretarias estaduais procuradas pela reportagem.

Em Minas Gerais, o cronograma de pagamento será discutido nesta sexta. O estado vive uma grave crise fiscal, e vem parcelando os salários do funcionalismo desde fevereiro de 2016.

Servidores fizeram manifestações ao longo de toda a semana e paralisaram o atendimento em unidades de saúde.

A reunião com os sindicatos para debater o pagamento foi adiada ao longo de toda a semana, enquanto o governo fazia cálculos para definir como irá honrar os salários.

Minas é o estado brasileiro cuja receita está mais comprometida com o pagamento do funcionalismo: quase 80% da receita líquida. São 609 mil servidores.

No Rio Grande do Norte, não há nenhuma previsão para o pagamento do 13º salário aos 52.184 servidores e quem ganha acima de R$ 5.000 ainda não recebeu uma parte do salário de novembro.

A gestão de Robinson Faria (PSD) -que não se reelegeu em outubro- tentou antecipar o recebimento de royalties relativos à exploração de petróleo repassados pela União, mas o TJ (Tribunal de Justiça) barrou a proposta.

Já no Rio Grande do Sul, pelo terceiro ano consecutivo o estado irá parcelar o 13º salário ao longo do próximo ano, em 12 vezes, com correção monetária de 1,5% ao mês, segundo a Secretaria da Fazenda.Neste mês, o governo ainda vai pagar a última parcela do 13º relativo ao ano passado.

Os salários de novembro também estão atrasados: em crise, o governo gaúcho vem escalonando o pagamento há mais de dois anos. São 342 mil servidores -60% são inativos ou pensionistas.

Para o economista Gilmar Mendes Lourenço, professor da FAE Centro Universitário e especialista em contas públicas, a falta de pagamento do 13º é mais um indicativo da deficiência na gestão financeira.

"Isso vem sendo empurrado com a barriga há décadas", disse.

Segundo ele, falta racionalidade na gestão do gasto estadual, que é pressionado por questões políticas ou pela falta de capacidade técnica para gerir o fluxo de caixa.

Ao mesmo tempo, "pacotes de bondades" concedidos pelo governo federal, que acaba renegociando dívidas ou concedendo empréstimos aos estados, reforçam o mau comportamento.

Levantamento feito pelo Tesouro Nacional mostrou que 14 estados brasileiros já ultrapassaram o limite legal de gastos com pessoal, e consomem mais de 60% da receita no pagamento de servidores.

A elevação do percentual de aposentados e pensionistas é outra preocupação, e ajuda a piorar a situação fiscal dos estados.

A possibilidade de o servidor fazer um empréstimo também foi a solução que Sergipe encontrou. O estado pagou a primeira parcela do 13º salário de maneira fracionada de agosto até novembro.

A segunda metade é paga por meio de empréstimo no Banco do Estado de Sergipe, sem necessidade do pagamento de juros.

Outro estado com problemas é Roraima, que vive intervenção federal e informou na quarta-feira (19) que faria o pagamento nesta quinta, mas não pagou todas as categorias. O estado não comentou. Com informações da Folhapress.



Revista diz que plano de soltar Lula em abril deu em água depois de Marco Aurélio
Autor
Adriano Roberto

Revista diz que plano de soltar Lula em abril deu em água depois de Marco Aurélio

Diz a revista Crusoé: “A alternativa que vem sendo construída pelo próprio Toffoli é a de que o STJ seja a última instância antes do cumprimento da pena. Gilmar é simpático à ideia, mas os outros ministros não deram pistas se irão aderir.

Se prevalecer esse entendimento, as chances de Lula deixar a prisão diminuem. O relator da Lava Jato no STJ, Felix Fischer, já rejeitou um recurso do petista.

Essa decisão aguarda uma análise definitiva da 5ª Turma da corte. A tendência é que o entendimento de Fischer seja mantido. A alternativa para Lula seria, então, um novo recurso ao STF. Até lá, ele seguirá na cadeia.”

Na quarta-feira, o STF percebeu que a sociedade vai reagir furiosamente à soltura do criminoso. Os ministros vão acabar tramando outro caminho.



Ex-motorista de Flávio Bolsonaro, Queiroz deve depor hoje, 21
Autor
Adriano Roberto

Ex-motorista de Flávio Bolsonaro, Queiroz deve depor hoje, 21

Fabrício Queiroz, ex-motorista do deputado e senador eleito Flávio Bolsonaro, é esperado no Ministério Público do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (21). O depoimento dele está marcado para a parte da tarde.

Segundo o colunista “Lauro Jardim”, de “O Globo”, os advogados de Queiroz vão tentar que ele não seja exposto ao chegar no prédio do MP, que tem cinco entradas. Há quem acredite que ele não será filmado ou abordado por 

Vale lembrar que o depoimento de Fabrício Queiroz estava previsto para a última quarta-feira (19), mas ele não apareceu no local, alegando uma “inesperada crise de saúde”.

De acordo com a Agência Brasil, o nome de Fabrício Queiroz consta em um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeira (Coaf) que aponta uma movimentação atípica de R$ 1,2 milhão em uma conta em nome do ex-assessor. O relatório integrou a investigação da Operação Furna da Onça, desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro, que prendeu deputados estaduais no início de novembro.

O relatório também identificou um depósito de Queiroz no valor de R$ 24 mil na conta bancária da futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou no início do mês que o valor se referia a um empréstimo feito a Queiroz.

Flávio, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, afirma que só Queiroz pode se pronunciar sobre o caso.



Senador Lindberg do PT é condenado na 1ª instância do RJ
Autor
Adriano Roberto

Senador Lindberg do PT é condenado na 1ª instância do RJ

O ex-prefeito de Nova Iguaçu e atual senador Lindbergh Farias (PT) foi condenado por improbidade administrativa devido à atuação na gestão do município da Baixada Fluminense, em 2007. Lindbergh, que nasceu em João Pessoa, capital da Paraíba, nega as irregularidades.

O petista foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por não prestar contas de convênio para adaptar escolas para alunos com necessidades especiais. O convênio foi fechado no valor de R$ 174 mil entre a Prefeitura e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Ele foi condenado a pagar uma multa equivalente a 12 vezes o salário que recebia como prefeito. Lindbergh diz que vai recorrer.

“O senador Lindbergh Farias entende que a decisão da Justiça Federal de Nova Iguaçu está equivocada e será modificada no Tribunal Regional Federal. Além de claro cerceamento em seu direito de defesa, a responsabilidade pela prestação de contas convênio objeto da ação civil pública não era de sua responsabilidade enquanto prefeito”, diz a nota do parlamentar.

Segundo o MPF, o ex-prefeito deveria ter prestado contas e apresentado documentos necessários à apreciação do FNDE ao fim do convênio.

“A ausência de prestação de contas pelo ex-prefeito não pode ser interpretada como mera inobservância a formalidades legais, sanável pelo posterior cumprimento da obrigação pela administração subsequente, pois sua conduta inviabilizou a regularização das contas prestadas”, dizem os procuradores. Do G1.



PSB, PDT e PCdoB anunciam bloco de oposição a Bolsonaro na Câmara
Autor
Adriano Roberto

PSB, PDT e PCdoB anunciam bloco de oposição a Bolsonaro na Câmara

As lideranças do PSB, PDT e do PCdoB na Câmara dos Deputados anunciaram nesta quinta-feira (20), por meio de nota conjunta, que formarão bloco de oposição ao governo Jair Bolsonaro na próxima legislatura.

A criação do bloco vinha sendo discutida por esses partidos desde o resultado da eleição deste ano, que elegeu Bolsonaro presidente da República. O PT, adversário de Bolsonaro no segundo turno, não aderiu ao bloco de oposição na Câmara.

Na nota divulgada à imprensa, os partidos afirmam que formarão um bloco partidário que "fortaleça as posições políticas e a ação parlamentar" das legendas.

Afirmam, ainda, que o bloco será formado por "partidos que têm identidade histórica e mais aqueles que eventualmente ao bloco queiram se reunir", deixando espaço para futuros aliados.

Pouco depois do anúncio, nesta quinta, o presidente eleito publicou no Twitter:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eleição presidencial
Juntos o PSB, PDT e PCdoB elegeram 69 deputados para a próxima legislatura, que começa no ano que vem.

No primeiro turno da eleição presidencial, o PDT teve Ciro Gomes como candidato ao Planalto, mas ele recebeu 13,3 milhões de votos (12,4%) e ficou em terceiro lugar; o PSB não apoiou candidato.

Já no segundo turno, o PDT manifestou "apoio crítico" a Fernando Haddad (PT), e o PSB decidiu apoiar o petista.

O PCdoB compôs a chapa de Haddad com Manuela D'Ávila como candidata a vice-presidente da República.

Leia nota assinada pelos partidos

O Partido Socialista Brasileiro, o Partido Democrático Trabalhista e o Partido Comunista do Brasil, através dos líderes de suas bancadas na Câmara dos Deputados, anunciam que, na próxima legislatura, comporão um bloco partidário que fortaleça as posições políticas e a ação parlamentar desses partidos que têm identidade histórica e mais aqueles que eventualmente ao bloco queiram se reunir. Reafirmam, assim, que farão oposição ao governo eleito, em conformidade com o resultado e o desejo expresso pelas urnas, da defesa da Democracia, dos direitos sociais, dos valores éticos e republicanos, e defenderão ideias e propostas a favor dos interesses do país.



Paulo confirma aliados do PR ao lado dele pelos próximos 4 anos
Autor
Adriano Roberto

Paulo confirma aliados do PR ao lado dele pelos próximos 4 anos

Em entrevista à FolhaPe nesta quinta-feira (20), o Governador se Pernambuco, Paulo Camara (PSB), falou da reforma administrativa que está mandando amanhã para a Assembleia Legislativa (Alepe).

Câmara, avisou que o projeto da Reforma Administrativa seguirá para a Alepe deverá manter as 22 secretarias, além da Casa Militar e Procuradoria Geral do Estado, que possuem status de secretarias.

Comentários de bastidores davam conta de que quatro secretarias sofreriam alterações, ou seja, algumas poderiam ser fundidas ou até mesmo criadas. Oficialmente, os secretários devem ser anunciado apenas na próxima semana, nos dias 27 e 28 de dezembro.

Sobre a relação com o Partido Republicano (PR), que agora é presidido no Estado pelo prefeito oposicionista de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, o governador preferiu remeter às boas relações mantidas com outros membros da legenda, como o deputado federal Sebastião Oliveira.

"A gente tem a participação do Governo do deputado Sebastião Oliveira, que é do PR. A base do PR na Assembleia nos apoia. A gente tem uma relação muito boa com eles. Eu vou continuar conversando tanto com Sebastião Oliveira quanto com os deputados do Partido Republicanos, do PR, porque nossa intenção é agregar cada vez mais . Eles tem me ajudado muito a governar Pernambuco e vão continuar me ajudando nos próximos quatro anos", avisou.



Furiosa mulher é presa após invadir batalhão para bater no marido PM
Autor
Adriano Roberto

Furiosa mulher é presa após invadir batalhão para bater no marido PM

Uma mulher de 29 anos foi presa na noite de quarta-feira (19) acusada de agredir o marido PM dentro do Centro de Ensino da Polícia Militar na Rua Aparício de Moraes, bairro Industrial, em Porto Velho.

Conforme o boletim de ocorrência, a mulher chegou ao local de trabalho da vítima altamente embriagada e depois de uma discussão quebrou o aparelho celular do policial.

Logo depois ela saiu, mas retornou dizendo que tinha sido vítima de roubo e o culpado era o marido. Revoltada, a mulher passou a agredir e xingar o marido. Consta ainda na ocorrência, que a mulher teria tentado se autolesionar. 

Ela recebeu voz de prisão de outros policiais que flagraram o crime e foi levada para a Central de Flagrantes. Com informações do Blog Rondônia ao Vivo.



Levy Fidelix afirma que o próprio Bolsonaro lhe assegurou participação no poder
Autor
Adriano Roberto

Levy Fidelix afirma que o próprio Bolsonaro lhe assegurou participação no poder

O presidente do PRTB, Levy Fidelix, estaria insatisfeito com a composição do futuro governo de Bolsonaro. Do mesmo partido do vice-presidente eleito, general hamilton Mourão, Fidelix chegou a afirmar. "Nunca pedi cargo nem pra mim, mas o partido tem que ter o seu espaço".

Fidelix teria dito ainda que o presidente eleito procurou-o durante a candidatura para que a sigla fizesse a coligação com o PSL, e que Mourão fosse vice da chapa. A informação é da colunista da Folha de S. Paulo, Mônica Bergammo.

“Ele [Bolsonaro] me disse que eu participaria com ele do poder. E isso é participar do poder?”. Fidelix afirma que esse é o “jogo”. “Não foi o PT que ganhou, se fosse eu nem estava aqui”.

Fidelix teria dito também que é amigo do general Mourão e que nunca foi repreendido por ele. “O general me disse apenas que chegou no limite [a questão da falta de espaço para o PRTB]. Ou seja, que todo mundo sabe da legitimidade do partido, que é o partido do vice. E que o Jair deveria chamar como primeiro parceiro. E nada disso foi feito.”

O presidente do PRTB, não é o primeiro que reclama da falta de espaço na formação do governo de Bolsonaro. O senador Magno Malta também teria ficado insatisfeito com a falta de espaço no governo.



PF cumpre mandados em endereços da família de Aécio Neves
Autor
Adriano Roberto

PF cumpre mandados em endereços da família de Aécio Neves

A Polícia Federal (PF) cumpre na manhã desta quinta (20) mandados de busca e apreensão em endereços ligados à família do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

O objetivo da operação, segundo a polícia, é coletar provas que esclareçam uma possível indicação de lavagem de dinheiro.

A PF também cumpre mandado em uma empresa de comunicação da família Neves.

É a segunda vez neste mês que parentes do senador (e futuro deputado federal) são alvos de uma operação da polícia, que não esclareceu se a operação desta manhã tem relação com a operação realizada no dia 11.

As buscas desta quinta-feira foram determinadas pelo ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF). Com informações da Folhapress.



Kassab divulga nota sobre visita inesperada da PF em sua residência
Autor
Adriano Roberto

Kassab divulga nota sobre visita inesperada da PF em sua residência

Agentes da Polícia Federal foram na manhã desta quarta-feira (19) à casa de Gilberto Kassab (PSD), no bairro Itaim Bibi, na Zona Sul de São Paulo. O objetivo dos policiais era cumprir oito mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do governo Michel Temer está em Brasília e não acompanhou a operação em sua casa, de acordo com o G1.

Em nota divulgada nesta manhã, Kassab afirmou que confia na Justiça e está à disposição para prestar esclarecimentos.

“O ministro confia na Justiça brasileira, no Ministério Público e na imprensa, sabe que as pessoas que estão na vida pública estão corretamente sujeitas à especial atenção do Judiciário, reforça que está sempre à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários, ressalta que todos os seus atos seguiram a legislação e foram pautados pelo interesse público”, diz na nota.

Os agentes da PF foram recebidos pelo advogado de Kassab. A operação foi deflagrada no âmbito de uma investigação sobre o recebimento de vantagens indevidas por parte de Kassab, ex-prefeito de São Paulo, entre os anos de 210 e 2016.

O suposto esquema envolve a JBS. Um delator da empresa afirma que atual ministro da Ciência e Tecnologia recebeu mesada de R$ 350 mil enquanto era prefeito de São Paulo. O esquema teria ocorrido com pagamento em troca da defesa dos interesses da companhia.