09 Abril 2021
Barroso carimba os últimos momentos de Alexandre de Moraes, tudo combinado!

Barroso carimba os últimos momentos de Alexandre de Moraes, tudo combinado!

Um ultraje destes, contra o Senado, por parte do ministro Barroso, do Supremo Tribunal Federal obrigando o presidente Rodrigo Pacheco a abrir uma CPI, pode antecipar a pauta de pedido de impeachment contra o ministro Alexandre Moraes e quem sabe até outros togados que também estão ameaçados na casa alta, inclusive pela CPI da Toga que foi protocolada antes da Covid.
 
O pedido específico do ministro Moraes encaminhado pelo jornalista, Caio Coppolla e entregue ao presidente do senado pelo mesmo senador Cajurú - foi ele também quem pediu no STF a abertura da CPI da Covid - está nas mãos do Pacheco que aguardava terminar este momento de crise sanitária que estamos vivendo, para ser pautado. Mas se o ministro Barroso intimou o senado a fazer a CPI, mesmo em plena pandemia e quando nada presencial está funcionando na casa, nada impede que o comandante do senado paute também para votação os pedidos de impeachment contra os integrantes do STF.
 
O boi de piranha
 
Aqui neste blog já tratei do momento em que o STF está vivendo e falei que vão precisar sacrificar um dos colegas togados, no caso Alexandre, para prestar contas de tantos absurdos que estão decidindo. Agora vemos o primeiro ato desta teoria que não se deve ignorar. Ontem, com esta afronta calculada a instituição do Senado, foi lançada a operação boi de piranha e o boi é Alexandre de Moraes que está sendo jogado nas mãos do Senado. Tudo combinado, nada por acaso, no teatro do poder do nosso Brasil varonil.