04 Julho 2019
Jornalista critica ação da PM paraibana e recebe nota de repúdio dos militares

Jornalista critica ação da PM paraibana e recebe nota de repúdio dos militares

A jornalista paraibana, Verônica Guerra, polemizou ao dar sua opinião no programa de rádio Balanço Geral, do Sistema Correio. Ao falar sobre a morte dos oito suspeitos de matar um policial militar, em Pernambuco, a jornalista disse que ficou chocada com as cenas e que a PM tratou de forma desrespeitosa os corpos dos suspeitos.

essa atitude da jornalista gerou a nota de repúdio abaixo, assinada pela Caixa Beneficente dos Oficiais e Praças da Polícia Militar e Bombeiro Militar da Paraíba:

 

*NOTA DE REPÚDIO*

A Caixa Beneficente dos Oficiais e Praças da Polícia Militar e Bombeiro Militar da Paraíba vem a público repudiar veementemente o pré-julgamento e as insinuações maldosas que foram feitas no comentário da jornalista Verônica Guerra, no dia de ontem (03), no Sistema Correio de Comunicação, ao noticiar a operação contra os suspeitos de matar covardemente um policial militar de Pernambuco.

O ato de ódio demostrado contra as instituições militares, que atingiu não só os policiais militares pernambucanos, mas de vários estados, que desde o momento do comentário infeliz vêm repudiando a fala nas redes sociais, traz a reflexão sobre o papel social da imprensa, que não pode ser deturpado a partir de impressões ideológicas e nem de juízo de valor pessoal de quem usa o microfone, principalmente em uma emissora parceira da polícia como aparenta ser o Sistema Correio de Comunicação.

Ao tempo em que se solidariza, mais uma vez, com a coirmã polícia militar de Pernambuco, a Caixa Beneficente exige mais respeito por parte do Sistema Correio, para não permitir mais que a concessão pública do canal seja usada para fins de ódio, desinformação e inversão de valores.


Redes Sociais

Últimos Posts

Apoio


  • Ponto de Vista AO VIVO
  • Blog Edmar Lyra

  • Digite Google

Siga-me no Facebook