22 Outubro 2020
Na CDL, Coronel Feitosa afirma que revitalizará o bairro do Recife

Na CDL, Coronel Feitosa afirma que revitalizará o bairro do Recife

O Coronel Feitosa (PSC) participou na manhã desta quarta-feira (21) de uma sabatina com representantes da Câmara de Lojistas do Recife (CDL-Recife). Na oportunidade, o candidato apresentou seu plano de governo, dando foco à qualificação dos recifenses, a gestão por bairros, além da revitalização do centro do Recife, uma das demandas dos lojistas da cidade. O candidato foi recepcionado pelo presidente da CDL Recife, Cid Lobo, pelo presidente do Sindilojas Recife, Fred Leal, e pelo coordenador da CDL, Paulo Monteiro.

Os lojistas fizeram uma apresentação sobre a Ilha de Antônio Vaz, que contempla os bairros de São José, Santo Antônio, Cabanga e Joana Bezerra, mostrando os problemas diariamente encontrados pelos recifenses, como lixo acumulado nas esquinas, insegurança, vulneráveis nas ruas, entre outras coisas. Também foram apresentadas demandas com melhorias para o centro da cidade.

Durante o encontro, o Coronel afirmou que utilizará da vocação local de cada bairro para qualificar e empregar os jovens daquelas regiões. “Vamos fazer parcerias com as instituições religiosas, além de utilizar as escolas que não funcionam no período da noite para realizar cursos de qualificação voltados para a vocação daquele bairro. Se o mais forte no bairro de Dois Unidos é a indústria, os jovens serão qualificados para atuarem naquelas empresas”.

Feitosa destacou o seu projeto de Gestão por Bairros. Para o candidato, cada bairro, incluindo a Ilha de Antônio Vaz, precisa de um representante que despachará diretamente com o prefeito. “Os bairros estão largados e quem é o responsável por estas áreas? Não tem! Essa é a melhor forma de conhecer de perto os problemas das comunidades e de agir com a finalidade de melhorar a vida das pessoas. Tudo, usando a tecnologia a nosso favor”.

“Percebo que o cidadão não tem o sentimento de pertencimento com o Recife. É isso que queremos devolver. O orgulho para aqueles que vivem na nossa cidade”. O coronel propõe que o Recife Antigo seja ocupado pelos recifenses, com a utilização dos prédios locais para moradias, instalação de empresas, bares e restaurantes. “É primordial ocupar e fomentar a Ilha Antônio de Vaz. Além de levar o recifense a morar no bairro, vamos fazer o comércio acontecer, investir no turismo e levar segurança para o bairro através do uso de drones e forgões”, concluiu.