Blog do Adriano Roberto


CUT apoia greve dos professores e repudia atitude do prefeito de Olinda
Autor
Adriano Roberto

CUT apoia greve dos professores e repudia atitude do prefeito de Olinda

A Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT PE) vem a público manifestar total apoio e solidariedade à luta dos Professores Municipais de Olinda, ao mesmo tempo repudiar a atitude desrespeitosa do Professor Lupércio, atual gestor do município, que vem tratando a entidade de classe e a categoria dos profissionais em educação com truculência e descaso.

A construção de uma sociedade justa, igualitária, onde haja respeito às diferenças e que garanta oportunidade para todos só será possível quando a educação, de fato, for pautada como base de sustentação dessa sociedade. É necessário tornar os discursos eleitorais em políticas públicas efetivas, voltadas para o fortalecimento da educação e dessa forma salvar o futuro das nossas gerações.

Infelizmente a situação da educação no país está muito longe do que deveria ser. No município de Olinda a situação não é diferente, o caos se reproduz.

O prefeito da cidade, que por sinal vem da base da educação, nega completamente sua origem, ao tratar os professores com descaso e total desrespeito. Dos 6,81% que deveriam ser corridos como reposição salarial, a partir de janeiro, o prefeito quer repassar apenas 4% só a partir de setembro, sem retroativos. Como não bastasse esse absurdo a gestão não tem a menor transparecia com a sociedade e com a categoria, ao não explicar onde estão os recursos do FUNDEB, verba do governo federal destinados à educação básica.

A CUT parabeniza o SINPMOL e a decisão dos professores em não aceitar essa proposta e continuar resistente no movimento grevista que entrar no 11º dia. Diante dessa batalha travada pelos professores, aproveitamos para pedir que os alunos, país de alunos e toda sociedade Olindense apõem de forma efetiva esse movimento grevista. Essa luta é para conquistar a valorização dos professores, denunciar as péssimas condições de ensino e garantir uma educação de qualidade para todos os alunos da rede municipal da cidade de Olinda. Porque a educação é o maior patrimônio que podemos deixar para as próximas gerações.

Recife, 20 de junho de 2018

CUT PERNAMBUCO



Decisão sobre fim de benefício a juízes fracassa na AGU e vai ao STF
Autor
Adriano Roberto

Decisão sobre fim de benefício a juízes fracassa na AGU e vai ao STF

Do Estadão - A Câmara de Conciliação da Advocacia-Geral da União (AGU) devolveu ao Supremo Tribunal Federal relatório sobre o pagamento de auxílio-moradia de R$ 4,3 mil a juízes e promotores sem um acordo fechado, após três meses de negociação. O documento traz duas propostas feitas nas reuniões – aumentar o teto salarial de R$ 33.763 dos ministros do STF para incorporar o valor do auxílio ou aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), fixando uma parcela de valorização por tempo na magistratura e no Ministério Público –, mas deixa para a Corte a decisão do que fazer.

A primeira depende de aprovação no Congresso e pode provocar efeito cascata no salário de outras categorias enquanto a segunda não pode ser votada pelos parlamentares enquanto vigorar a intervenção federal na segurança pública do Rio.

Após o fracasso das negociações na Câmara de Conciliação, o caso volta às mãos do ministro Luiz Fux, relator no Supremo. A AGU concluiu que a segurança jurídica da concessão da ajuda de custo para moradia de juízes e promotores “demandaria o advento de uma nova legislação, respeitando-se os espaços de iniciativa privada, previstos constitucionalmente para as esferas federal ou estadual”. Todas as alternativas analisadas na tentativa de conciliação teriam de passar, necessariamente, pelo Poder Legislativo.

Estudo feito pela Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados aponta que o fim do auxílio-moradia para o Judiciário e o Legislativo resultaria em uma economia anual de R$ 1,6 bilhão aos cofres públicos. Somente com o Judiciário federal e os estaduais, o levantamento mostra uma economia média de R$ 945,6 milhões por ano – esse valor seria, por exemplo, próximo ao que o governo prevê arrecadar em 2018 com a reoneração da folha de pagamento das empresas (R$ 830 milhões).



MP do Ministério da Segurança é aprovada no Senado e vai à sanção
Autor
Adriano Roberto

MP do Ministério da Segurança é aprovada no Senado e vai à sanção

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (19) o projeto de lei de conversão da Medida Provisória 821/2018, que cria o Ministério da Segurança Pública. A nova pasta absorve algumas atribuições antes vinculadas ao Ministério da Justiça. O texto vai à sanção presidencial.

Entre as competências do novo ministério figuram coordenar e promover a integração da segurança pública em todo o território nacional em cooperação com os demais entes federativos; exercer, planejar, coordenar e administrar a política penitenciária nacional; e fazer o patrulhamento ostensivo das rodovias federais, por meio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Também caberá à pasta exercer a política de organização e manutenção da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal; e a defesa dos bens e dos próprios da União e das entidades integrantes da administração pública federal indireta.

A estrutura do ministério será composta pelo Departamento de Polícia Federal; pelo Departamento de Polícia Rodoviária Federal, o Departamento Penitenciário Nacional, o Conselho Nacional de Segurança Pública, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, e a Secretaria Nacional de Segurança Pública, órgão responsável pela Força Nacional de Segurança Pública.

A medida foi editada pelo presidente Michel Temer em fevereiro deste ano, dias depois de o governo anunciar a intervenção federal na área de segurança no Rio de Janeiro.

Na semana passada, a MP foi aprovada pela Câmara dos Deputados.

Com informações da Agência Brasil.



Lula não deve ter pedido de liberdade acatado pelo STF, diz colunista
Autor
Adriano Roberto

Lula não deve ter pedido de liberdade acatado pelo STF, diz colunista

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) não deve reverter a prisão do ex-presidente Lula no julgamento marcado para a próxima terça-feira (26). O pedido de liberdade do petista, bem como a suspensão da inelegibilidade gerada com a condenação em segunda instância, dificilmente serão reavaliados.

A opinião geral de magistrados ouvidos pela colunista Mônica Bergamo é de que o assunto já se esgotou no plenário da corte, que negou o habeas corpus a Lula.

Os advogados do ex-presidente pediram ainda que o STF divulgue o "inteiro teor do acórdão [decisão]" que negou o habeas corpus para "estudar os recursos que eventualmente apresentará contra a decisão".

Condenado em segunda instância pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro e preso desde 7 de abril, Lula prestará depoimento, via videoconferência, nesta quinta-feira (21), na operação Zelotes. O petista cumpre pena de 12 anos e 1 mês, em regime fechado, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).



Pernambucano em vídeo de assédio a russa já deveu pensão alimentícia
Autor
Adriano Roberto

Pernambucano em vídeo de assédio a russa já deveu pensão alimentícia

O pernambucano Diego Valença Jatobá, um dos homens que aparecem no vídeo assediando uma jovem russa, já foi condenado por mau uso do dinheiro público, enquanto foi secretário de Turismo de Ipojuca (PE) em 2012, e também por dever, segundo a Justiça, R$ 37.561,83 de pensão alimentícia à ex-mulher, cujo processo foi iniciado em 2014.

De acordo com reportagem do jornal "O Globo", a juíza Ana Emília de Oliveira Melo, da 3.ª Vara de Família e Registro Civil de Pernambuco, pediu o bloqueio da conta bancária de Jatobá. O processo está na primeira instância.

Jatobá chegou a ser condenado pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) por irregularidades na prestação de contas do município de 2012. O processo ainda não foi totalmente finalizado e cabe recurso.

De acordo com o tribunal ao "Globo", foram gastos R$ 2.212.866 em 12 processos de inexigibilidade para a compra de carteiras escolares, livros paradidáticos, kits de alfabetização e contratação de artistas, todos sem licitação.

Revoltados com o assédio, brasileiros escreveram para a Embaixada do Brasil pedindo desculpas pelo comportamento dos homens. A deportação do grupo também foi uma das reivindicações. De acordo com o jornal, já foram recebidas mais de dez cartas solicitando a saída dos brasileiros da Rússia.

Caso a jovem russa preste queixa, os homens poderão ser presos e deportados para o Brasil.



Julgamento de Gleisi Hoffmann na Lava Jato começa nesta terça
Autor
Adriano Roberto

Julgamento de Gleisi Hoffmann na Lava Jato começa nesta terça

Começa nesta terça-feira (19), o julgamento da senadora e presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann (PR), e do marido dela, o ex-ministro Paulo Bernardo, no âmbito da Operação Lava Jato. Os dois são acusados pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no esquema da Petrobras.

Gleisi Hoffmann e Paulo Bernado serão julgados pelos cinco ministros que compõem a Segunda Turma, responsável pelos casos da Lava Jato na corte: Edson Fachin (relator), Celso de Mello, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli.

Os réus são acusados de ter usado R$ 1 milhão oriundo de desvios na estatal, que teriam sido usados na campanha de Gleisi ao Senado, em 2010.

O valor, segundo a acusação, saiu de empresas que tinham contratos com a Petrobras e era arrecadado pelo ex-diretor Paulo Roberto Costa, que virou delator.



Silvio Nascimento consolida apoio no agreste meridional.
Autor
Adriano Roberto

Silvio Nascimento consolida apoio no agreste meridional.

No último final de semana o pré-candidato a deputado federal, Silvio Nascimento esteve em Garanhuns na companhia de Thiago Paes, pré-candidato a deputado estadual e que o apoia naquela região.

No encontro foram definidas ações para reforçar a pré-campanha dos dois, além das de Gilson Machado Neto ao Senado e do deputado Jair Bolsonaro à presidência da república. Além de Garanhuns, estiveram presentes lideranças políticas de São Bento do Una, Iati, Lajedo e São João.

O Major Evandro, presidente do PSL de Caruaru também esteve presente e falou sobre as ações que serão promovidas pelo partido nas cidades do agreste setentrional.



Estação meteorológica está sendo instalada no aeroporto de Serra
Autor
Adriano Roberto

Estação meteorológica está sendo instalada no aeroporto de Serra

Do blog Leia Mais PE - Os equipamentos da estação Meteorológica de Superfície, que estavam sendo aguardados para instalação no aeroporto Santa Magalhães, já estão em solo Serratalhadense. Os equipamentos chegaram na manhã desta segunda feira (18).

De acordo com as informações repassadas pelo Gerente de Convênios da Secretaria de Transportes do Estado, Allan Pereira, ao Leia Mais PE, o equipamento já começa a ser instalado nesta segunda (18).

“Estávamos esperando a chegada, agora vamos acelerar a instalação que começa hoje. A nossa expectativa é de que entre 28 de Junho e 01 de Julho a instalação já esteja concluída”.

A estação meteorológica é uma reivindicação da empresa azul linhas aéreas para voar em Serra Talhada, e foi doada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), de acordo com informações do Deputado Federal, Sebastião Oliveira (PR).



Alberto Feitosa cumpre agenda em Jatobá e Petrolândia
Autor
Adriano Roberto

Alberto Feitosa cumpre agenda em Jatobá e Petrolândia

O deputado estadual Alberto Feitosa (SD) esteve nos municípios de Jatobá e Petrolândia neste final de semana. Cumprindo agenda ao lado do deputado federal Augusto Coutinho (SD), na noite da sexta-feira (15), Feitosa participou da abertura do Jatoforró, festividade junina da cidade comandada pela prefeita Goreti Varjão. As atrações da festa foram resultado das articulações feitas pelos deputados junto ao Governo do Estado.

No sábado, em Petrolândia, Alberto e Coutinho visitaram a feira do MDA, que atende a 30 famílias que antes comercializavam seus produtos de forma improvisada nas ruas da cidade. Com o apoio dos parlamentares, a prefeitura do município firmou parceria com o MDA para cessão das bancas padronizadas e aventais para os comerciantes. Além disso, todos participaram de cursos de qualificação de vitrinização, higienização e comercialização realizados pelo SEBRAE.

Os deputados também estiveram na subestação da Compesa, que está prestes a ser inaugurada pelo Governo do Estado e foi construída para atender o bairro Nova Esperança, que antes recebia água através de caminhões-pipa. Uma reunião foi realizada com o superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), Bruno Medrado, e 60 famílias que deverão ser cadastradas para o Assentamento Aquícola Caititu, o primeiro do Vale do São Francisco destinado ao cultivo de peixes.

Também foram feitas visitas nos assentamentos Januário Moreira e Miguel Arraes, onde estão sendo perfurados nove poços artesianos pelo INCRA, com destinação de emendas e articulação dos parlamentares. Na cidade, Feitosa e Coutinho também se reuniram com empresários, vereadores e lideranças locais.



Será que vão se reeleger? Senado terá recorde de candidatos à reeleição
Autor
Adriano Roberto

Será que vão se reeleger? Senado terá recorde de candidatos à reeleição

Do Estadão - A  eleição para o Senado neste ano terá um número recorde de candidatos em busca da reeleição. Dos 54 parlamentares eleitos em 2010, ao menos 35 deles ou 65% vão tentar renovar seus mandatos por mais oito anos. Levantamento feito pelo Estado mostra ainda que sete senadores não se decidiram sobre que cargo disputar, cinco vão concorrer a governos estaduais, outros cinco resolveram não se candidatar a nada e dois planejam trocar o Senado pela Câmara dos Deputados.

Na comparação com eleições anteriores, em que 2/3 das vagas do Senado também foram trocadas, o pleito de outubro terá o maior número de senadores tentando se reeleger dos últimos 24 anos. Dados do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) mostram que em 2010 a taxa de recandidaturas foi de 53,7% (29 parlamentares), em 2002 chegou a 61% (33) e, em 1994, ficou em 37% (20). Nesses anos foram eleitos dois senadores por Estado.

O resultado do levantamento confirma um retrato já observado em relação à Câmara. Em abril, o Estado revelou que ao menos 447 deputados (90%) vão tentar a reeleição, também número recorde. Isso quer dizer que, em tempos de Operação Lava Jato, fim das doações empresariais e redução do tempo de campanha, a renovação do Congresso pode ser menor.

A Lava Jato, especificamente, atingiu 24 senadores eleitos em 2010. Desse grupo, 70% ou 17 parlamentares vão buscar mais um mandato em outubro. São os casos dos campeões de inquéritos abertos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações da Odebrecht: o líder do governo de Michel Temer, Romero Jucá (MDB), e o ex-presidente nacional do PSDB Aécio Neves.

Jucá vai concorrer ao quarto mandato consecutivo. Líder no Senado dos governos dos últimos quatro presidentes – Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff e Michel Temer –, o emedebista terá de pôr à prova sua influência em Roraima e convencer o eleitorado de que as acusações contra ele, entre elas lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, são “armação” da Procuradoria-Geral da República, como costuma afirmar.

A vantagem de Jucá é que, diferentemente de Aécio Neves, ele precisa convencer 120 mil eleitores para se reeleger. Roraima tem o menor colégio eleitoral do País, com 324 mil pessoas aptas a votar ou 0,22% do total. Já o tucano precisaria de 5 milhões de votos, em média, para ser reeleito em Minas – em 2010, obteve 7,5 milhões de votos.

Após ser gravado pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, da J&F, ver sua irmã presa e seu mandato sob risco, Aécio ainda avalia se disputará algum cargo na eleição. Atual presidente do PSDB e presidenciável do partido, Geraldo Alckmin já declarou que o melhor seria o senador se afastar das urnas – ele nega as acusações. A decisão, no entanto, ainda não foi tomada. Uma possibilidade cogitada é trocar o Senado pela Câmara, pelo risco menor de derrota.



Nadelson conclui curso de capelania e fortalece ação social entre os policiais
Autor
Adriano Roberto

Nadelson conclui curso de capelania e fortalece ação social entre os policiais

O vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados, Nadelson Leite, ingressou no Curso de capelão, para os cristãos, ICCA - internacional Cristian chaplain Association e se formou como Capelão. Em meio ao tradicional uniforme das Forças Armadas, ou de segurança pública, um símbolo na ombreira os identifica: a cruz latina ou a Bíblia aberta com um facho.

São sacerdotes e pastores contratados para uma função religiosa na tropa. Eles também embarcam em missões e eventos específicos, mas para levar a espiritualidade e o apoio humano e social aos integrantes das corporações.

Além de celebrar missas e cultos para a comunidade militar, os capelães católicos e evangélicos também presidem casamentos, fazem palestras e atuam em casos de extrema unção, mas não têm tratamento diferenciado dentro da tropa.

Respondem às mesmas hierarquias e exigências militares. Eles são policiais, bombeiros e militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

Feliz por poder expandir seus trabalhos sociais junto a tropa dos policiais Nadelson afirma: “Vamos poder sacramentar aos nossos guerreiros policiais que eles não estão sós nas dificuldades espirituais. Deus os está abençoando e todos estão juntos. Prestamos todo apoio necessário”, contou.



Ações beneficiam agricultores assentados de Amaraji
Autor
Adriano Roberto

Ações beneficiam agricultores assentados de Amaraji

Com o apoio da Prefeitura de Amaraji, a Superintendência Regional do Incra em Pernambuco levou ao município o seu Programa de Ações Itinerantes, cujos principais objetivos foram facilitar a atualização e a regularização cadastral de 400 famílias dos agricultores assentados, além de promover o acesso às modalidades de crédito. 

A disponibilização do Formento Mulher, que é uma das modalidades do Crédito Instalação do Incra, foi um dos serviços mais procurados.

Esta iniciativa disponibiliza até R$ 3 mil, em operação única, para a implantação do projeto produtivo sob a responsabilidade da mulher titular do lote.
Coube ao município ceder a infraestrutura e disponibilizar servidores para auxiliar na execução dos trabalhos.

“Foi um esforço coletivo. Todas as secretarias contribuíram para o sucesso desta ação”, destacou o prefeito Rildo Reis.

Além de atualizar a situação dos agricultores e promover acesso ao crédito, os agricultores e seus familiares participaram de sorteios de sacos de adubo, corte de cabelo, aferição de pressão, vacinação, cadastro do Bolsa Família e emissão de documentos.